Componente Técnica

A componente técnica é constituida pelas disciplinas: Programação e Sistema de Informação, Arquitetura de Computadores, Sistemas Operativos e Redes de Comunicação.

Foi na componente técnica que o site DAC se desenvolveu e ganhou forma, e continua a ser atualizado e melhorado a cada dia. Todos os seus componentes teve a intervenção do PI14 num todo.

O motivo da criação deste site informativo é passar a nossa experiencia no âmbito da robótica e programação, para que possa haver uma distribuição de conhecimento por toda a gente. Nós também fomos campeões no concurso de “clubes de programação e robótica”.

Impressão 3D

O que é?

A impressão 3D consiste na impressão de objetos em três dimensões. História… Apesar da ideia de imprimir objetos em 3D seja um cenário futurista, a ideia não foi muito recente. Em 1984, Charles Hull criou uma máquina capaz de imprimir lâmpadas especiais, usando peças de plástico e um laser. A partir dos anos 1990, eles aperfeiçoaram e desenvolveram máquinas capazes de imprimir diferentes objetos. No começo, as impressoras eram muito robustas, tinham um preço muito elevado e eram destinadas á produção industrial. Na década de 2010, as lojas começaram a vender impressoras portáteis para consumidores finais e também com um preço mais atrativo.

Como funciona?

Depois de ser criado um modelo no computador esse modelo tridimensional, basta enviá-lo ao software da impressora 3D, definindo dimensões e detalhes de texturas. O desenho em 3D desse objeto será fatiado em várias etapas de impressão e produzido uma a uma até que se forme por completo. Em geral, as impressoras 3D trabalham como um repulsor de matéria quente.

Tipos de impressoras

Extrusão

É o tipo de impressora mais comum de hoje em dia,este tipo de impressora trabalha com extrusor que libera camadas de um material plástico aquecido/derretido como ABS, PLA e PETG. Estereolitografia- Basicamente, é uma impressora a laser de precisão que endurece um tipo de resina que é sensível a luz. Geram objetos físicos que precisam de algum acabamento. Por luz- Usa uma fonte (que não é laser) de luz para enrijecer material. Síntese a laser – Essas usam uma cabeça de impressão a laser para enrijecer material de impressão em pó, numa câmera vedada (vácuo) com temperatura alta e constante para garantir perfeição. Sintetização Seletiva¬-usam lasers muito potentes para criar formas em materiais de vidro, cerâmica, nylon e metais com alto consumo de energia.

Impressoes que fizemos ?

No inicio do 10º ano um dos professores demonstrou o mundo que era este da impressão 3d.Primeiramente fizemos peças pequenas para aprendermos a mexer na impressora.O tipo de de impressora é de extrusão utilizamos PLA para impremir as peças. No meio do ano o nosso stor propôs um desafio que tem como objetio criar um robo humanoide o projeto chama-se inmoov e para o realizarmos tivemos de impremir cada peça na impressora 3d tivemos problemas ao inico pois eramos novatos tinhamos problemas com as dimensões mas ao longo do tempo errando e aprendendo conseguimos imprimir todas as peças necessarias. E ao longo do tempo tivemos problemas com a impressora e fomos nós que fizemos as proprias manutenções.

ChatBot

O Chat bot é um ajudante virtual para o site, que funciona à base de inteligência artificial. Onde podemos perguntar algo ao Bot que ele irá responder o que precisarmos, dizendo onde se localizam as coisas ou até a dizer diretamente mais sobre a criaçâo do DAC. Originado do Chat bot do Robô Humanoide "InMoov", foi de lá que veio a inspiraçâo para ser recriado um Chat deste mesmo tipo neste site.

Finger Starter Kit

O Finger Starter Kit é um projeto muito simples, imprimido em 3D com filamento.
Nele fizemos um dedo do Inmoov e metemo-lo a mexer usando o arduíno IDE, algo simples mas necessário para o avanço do projecto. Para o fazer-mos mexer, para alem da programação para o servo, usamos linha de pesca para ligar todas as pequenas partes do dedo e posteriormente essa mesma linha foi ligada ao servo, assim sempre que o arduino mexia o servo, o dedos encolhia e recolhia dando a impressão que estava a mexer-se como um humano.
Foi o nosso ponto de partida para o nosso projecto principal, “Inmoov”.